Incêndio criminoso em fábrica mata 11 pessoas na Rússia

  • Sputnik/Xinhua

    Bombeiro tenta conter fogo em uma fábrica em Moscou. Pelo menos oito pessoas morreram no incêndio criminoso

    Bombeiro tenta conter fogo em uma fábrica em Moscou. Pelo menos oito pessoas morreram no incêndio criminoso

Pelo menos 11 pessoas morreram em um incêndio supostamente proposital em uma fábrica têxtil no nordeste de Moscou, informou neste domingo o Comitê de Instrução (CI) da Rússia.

"O número de vítimas fatias causadas pelo acidente chega a onze", disse à agência russa "Interfax" Yulia Ivanova, porta-voz do departamento do CI para a capital russa.

Fontes da Polícia indicaram que foram achados dois focos independentes, por isso que se presume que o incêndio tenha sido provocado de forma proposital.

Ivanova disse que o CI começou um processo penal por "destruição intencional de bens com resultado de morte de pessoas por imprudência".

O fogo, que foi sufocado no começo da madrugada, destruiu uma superfície de perto de 3.000 metros quadrados.

As estatísticas oficiais assinalam que anualmente na Rússia mais de dez mil pessoas morrem em incêndios.

Segundo o Ministério da Rússia para Situações de Emergências, a imprudência é a principal causa destes acidentes.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos