Enviado de Pequim visita Coreia do Norte pela 1ª vez desde teste nuclea

Tóquio, 2 fev (EFE).- O enviado da China para a desnuclearização da península coreana, Wu Dawei, chegou nesta terça-feira a Pyongyang, no que representa a primeira visita de um diplomata chinês à Coreia do Norte desde o teste nuclear de 6 de janeiro.

A chegada de Wu ao aeroporto internacional da capital norte-coreana foi revelada pela agência japonesa "Kyodo", mas nem as autoridades de Pyongyang e nem as de Pequim divulgaram por enquanto a visita, por isso que se desconhece sua duração.

A viagem ocorre ao mesmo tempo que o Conselho de Segurança de ONU estuda impor sanções adicionais à Coreia do Norte, como resposta ao quarto teste atômico efetuado pelo regime de Kim Jong-un.

Enquanto os Estados Unidos e seus aliados, entre eles Japão e Coreia do Sul, defendem a aplicação de sanções mais duras para castigar a Coreia do Norte, a China se mostrou a favor de retomar o diálogo multilateral.

As negociações de seis lados entre China, Japão, Estados Unidos, Coreia do Sul, Rússia e a própria Coreia do Norte para a desnuclearização da península de Coreia permanecem estagnadas desde 2008.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos