EUA dizem que Coreia do Norte violará resoluções da ONU se lançar satélite

Washington, 2 fev (EFE).- O Departamento de Estado dos Estados Unidos informou nesta terça-feira que o lançamento de um satélite por parte da Coreia do Norte "violaria várias resoluções do Conselho de Segurança das Nações Unidas por utilizar a tecnologia de mísseis balísticos proibidos", e por isso pediu à comunidade internacional "medidas mais duras" contra o país asiático.

Em meio a suspeitas de que na realidade prepara o lançamento de um míssil de longo alcance, a Coreia do Norte anunciou hoje que enviará ao espaço, ainda neste mês, um satélite de observação aérea.

Em 2010, o país asiático realizou o último lançamento deste tipo, uma ação que a comunidade internacional considerou como parte do programa de desenvolvimento de mísseis balísticos intercontinentais de Pyongyang e que gerou novas sanções por parte da ONU.

"Este último anúncio ressalta a necessidade de que a comunidade internacional envie uma mensagem rápida e firme de que não tolerará a indiferença da Coreia do Norte às resoluções adotadas no Conselho de Segurança das Nações Unidas", disse o porta-voz do Departamento de Estado, John Kirby, em sua entrevista coletiva diária.

O lançamento do satélite está previsto para acontecer entre os próximos dias 8 e 25, conforme a Coreia do Norte informou a três entidades internacionais: a Organização Internacional da Aviação Civil (Icao), a Organização Marítima Internacional (OMI) e a União Internacional de Telecomunicações (UIT).

O anúncio ocorreu enquanto o Conselho de Segurança da ONU estuda impor sanções adicionais à Coreia do Norte como resposta ao quarto teste nuclear realizado pelo regime de Kim Jong-un em 6 de janeiro.

Órgão responsável por este tipo de decisão, o conselho expressou claramente sua intenção de impor "medidas adicionais" contra a Coreia do Norte, mas após semanas de discussões ainda não chegou a um acordo para levá-las adiante.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos