Bombardeio de coalizão árabe mata 24 civis ao norte da capital do Iêmen

Sana, 3 fev (EFE).- Pelo menos 24 civis, entre eles nove membros de uma mesma família, morreram nesta quarta-feira em um bombardeio da coalizão militar liderada pela Arábia Saudita ao norte da capital iemenita, Sana, informou a agência oficial de notícias "Saba".

A agência, controlada pelos rebeldes houthis, afirmou que os caças-bombardeiros da coalizão lançaram vários ataques contra uma fábrica de cimento localizada na cidade de Imran, 50 quilômetros ao noroeste de Sana.

A "Saba" acrescentou que o número de mortos pode aumentar nas próximas horas devido à gravidade do estado de alguns feridos.

Por sua parte, testemunhas locais disseram à Agência Efe que o bombardeio atingiu um grupo de trabalhadores da fábrica que estavam recebendo seus salários em uma das entradas da instalação.

A agência "Saba" relatou que os aviões da coalizão também realizaram outro ataque aéreo contra um carro no qual estavam se deslocando nove passageiros na região de Farzat Naham, 60 quilômetros ao nordeste de Sana.

A fonte ressaltou que todas as pessoas que viajavam no veículo morreram.

A região de Farzat Naham é palco de duros enfrentamentos entre as forças leais ao presidente iemenita, Abdo Rabbo Mansour Hadi, e combatentes houthis, apoiados por combatentes fiéis ao ex-mandatário Ali Abdullah Saleh.

A coalizão árabe começou no último mês de março, e a pedido de Hadi, seus bombardeios contra os rebeldes houthis, que controlam atualmente amplas áreas do Iêmen, incluindo a capital.

Tanto os rebeldes como as organizações humanitárias e a ONU denunciaram a morte de civis em bombardeios efetuados pela aliança militar árabe-sunita liderada por Riad.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos