Exército da Síria avança sobre localidades xiitas sitiadas pela Al Qaeda

Beirute, 3 fev (EFE).- O exército sírio rompeu nesta quarta-feira o assédio em torno das localidades de Nubul e Al Zahra, no norte da província de Aleppo e cercadas pela Frente al Nusra, braço sírio da Al Qaeda.

A agência de notícias oficial síria "Sana", que citou fontes no local, indicou que unidades militares romperam o cerco nessas duas populações, que durou mais de três anos, com a ajuda de comitês populares (milícias pró-governo).

A televisão do grupo xiita libanês Hezbollah, aliado do regime do presidente sírio, Bashar al Assad, informou também da ruptura do assédio e divulgou imagens dos combates na região, onde há fogo cruzado de artilharia.

O Observatório Sírio de Direitos Humanos havia assinalado anteriormente que os militares tinham conseguido se aproximar a um quilômetro de Nubul e Al Zahra, mas ainda não confirmou se chegaram ao local.

As forças armadas sírias lançaram há dois dias uma ofensiva no norte de Aleppo, onde recuperaram o controle de várias localidades após combates contra a Frente al Nusra e seus aliados.

Ao longo desta quarta-feira, os soldados também dominaram o vilarejo de Al Uwainat, situado ao leste de Aleppo e que estava controlado pelo grupo terrorista Estado Islâmico (EI).

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos