Líder socialista promete estabilidade orçamentária em novo governo espanhol

Madri, 3 fev (EFE).- O candidato a presidir o governo espanhol, o socialista Pedro Sánchez, se comprometeu nesta quarta-feira a manter a estabilidade orçamentária que a União Europeia exige como parte de sua proposta econômica para o novo Executivo, e que seu primeiro objetivo é a criação de emprego.

Sánchez se dirigiu hoje ao grupo parlamentar socialista, depois de ontem ter recebido a incumbência do rei Felipe VI de tentar formar governo junto com o apoio de outras forças, após o presidente de Governo interino, Mariano Rajoy, vencedor nas eleições do 20 de dezembro, recusar a oferta por não considerar ter capacidade de mobilização suficiente para formar maioria.

Sánchez, cujo partido só tem 90 das 350 cadeiras do Congresso, fez um pedido ao resto das forças políticas para trabalharem a favor de um acordo: "preciso de todos", disse o líder socialista.

"Temos que deixar para trás os vetos e falar do que nos une", manifestou.

O aspirante a presidir o novo governo espanhol se comprometeu ainda a fazer uma "mudança profunda" na política, baseada nos ideais de "progresso" e "mudança" após quatro anos de governo do PP (centro-direita).

Para isso anunciou uma rodada de consultas com os líderes de todos os grupos parlamentares para obter apoios à sua proposta.

O socialista centrou seu discurso para os deputados e senadores de seu partido em quatro propostas: criação de emprego e compromisso de estabilidade orçamentária, luta contra a desigualdade, e regeneração democrática com controle do financiamento dos partidos.

A última proposta se refere à constituição de um estado federal como resposta ao desafio dos nacionalistas catalães.

"É a melhor maneira de articular a unidade da Espanha e reconhecer sua diversidade", disse Sánchez, que proclamou que a inércia de Rajoy "é um risco à integridade territorial", em referência à recusa do até agora presidente do Governo espanhol de dialogar com os nacionalistas catalães.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos