Chavistas lembram 24º aniversário da tentativa de golpe de Estado de Chávez

Caracas, 4 fev (EFE).- Milhares de pessoas participam nesta quinta-feira de uma manifestação pelo centro de Caracas para comemorar os 24 anos da tentativa de golpe de Estado de 4 de fevereiro de 1992, dirigido pelo então coronel do exército e posteriormente presidente da Venezuela, Hugo Chávez.

A rebelião militar contra o então presidente, Carlos Andrés Pérez, representou o início da ascensão de Chávez, que perante as câmeras de televisão admitiu com um "por enquanto" o fracasso do golpe, que deixou 17 militares e 80 civis mortos, segundo informou então o governo.

Após dois anos na prisão e graças a um indulto presidencial, Chávez iniciou um trabalho político partidário que lhe levou a ganhar as eleições presidenciais de 1998 e todas as posteriores até que em 2013 morreu vítima de um câncer.

O "4F" é considerado pelos chavistas o embrião da "revolução bolivariana", como costumam chamar a gestão presidencial de Chávez e a de seu herdeiro político, o atual presidente Nicolás Maduro.

Durante seu mandato, Chávez festejou a data com um desfile cívico militar e grandes concentrações, o que teve continuidade com o atual presidente.

O deputado Diosado Cabello, que lidera a manifestação junto a outros dirigentes, disse aos jornalistas que o povo, antes da tentativa de golpe, era "sem consciência, arrastado pelas circunstâncias, a quem podiam fazer qualquer coisa", mas "após a rebelião cívico-militar, o povo começou a despertar e se transformar em protagonista de seu próprio destino".

Mais cedo os governistas realizaram uma homenagem a Hugo Chávez no Quartel da Montanha, onde repousam seus restos mortais.

As demonstrações de afeto também inundaram as redes sociais por meio da hashtag #4FRebeliónChavista, com a qual usuários da internet na Venezuela compartilham opiniões e fotos desse dia histórico.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos