França destrói arsenal e centro de formação do EI na Síria

Paris, 4 fev (EFE).- A aviação francesa destruiu um arsenal e um centro de formação que o grupo terrorista Estado Islâmico (EI) tinha perto da cidade de Manbij, ao nordeste da cidade síria de Aleppo, indicou nesta quinta-feira o Ministério francês de Defesa.

A operação aconteceu na segunda-feira passada e se desenvolveu de forma conjunta com aviões de outros países da coalizão que lidera Estados Unidos, acrescentou a Defesa em comunicado.

Cerca de 20 aviões-caça Rafale decolaram do porta-aviões Charles de Gaulle e de outras bases do Golfo e atacaram o centro com mísseis SCALP, afirmou.

A França e seus aliados se comprometeram a intensificar os bombardeios contra as bases do EI tanto na Síria como no Iraque.

Em paralelo, o ministro francês das Relações Exteriores, Laurent Fabius, condenou a "ofensiva brutal dirigida pelo regime sírio, com o apoio da Rússia, para rodear e asfixiar" o reduto da oposição moderada de Aleppo.

Estes ataques contra essa cidade justificam para o chefe da diplomacia a suspensão das negociações de paz que ocorriam em Genebra pelo enviado da ONU.

"A França espera do regime e de seus aliados o respeito de suas obrigações humanitárias (...), a cessação dos bombardeios indiscriminados e o pleno acesso humanitário à população síria", acrescentou Fabius em comunicado.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos