Supremo Tribunal da Flórida anula pena de morte de espanhol preso nos EUA

Miami, 4 fev (EFE).- A Suprema Corte da Flórida, nos Estados Unidos, anulou nesta quinta-feira a condenação à pena capital ditada em 2000 contra o espanhol Pablo Ibar, que está há quase 22 anos preso, 15 deles no corredor da morte em uma prisão deste estado.

A sentença emitida pela máxima instância judicial da Flórida implica na realização de um novo julgamento de Ibar, condenado pelos assassinatos de três pessoas, o dono de uma casa noturno e duas modelos, cometidos em 1994.

Com quatro votos a favor e três contra, o Supremo da Flórida se pronunciou contra a condenação por assassinato em primeiro grau e a sentença de morte, "perante a ausência de provas físicas que conectem Ibar com o triplo assassinato", afirmou a corte no documento de 27 páginas que foi divulgado hoje.

Um dos argumentos de peso examinados pelo Supremo da Flórida para a anulação da condenação é que o "DNA de Ibar não foi achado na camiseta recuperada" no local do crime e a qual o assassino usou para "cobrir parcialmente o rosto".

A defesa de Ibar, de 45 anos, que sempre sustentou sua inocência, ressaltou em sua apelação perante o Supremo da Flórida a pouca confiabilidade da prova determinante, um vídeo "sem som, confuso, granulado", gravado pelas câmeras de segurança da casa do dono da boate e o testemunho, nesse sentido, de um especialista facial que o tacha de "nada confiável".

No entanto, a promotoria pode apelar da decisão do Supremo da Flórida perante esta mesma instância judicial em um recurso de reposição ou fazer isso inclusive perante a Suprema Corte dos Estados Unidos.

No final de junho de 1994, policiais entraram em um imóvel da cidade de Miramar, no condado de Broward, ao norte de Miami, e acharam os corpos do proprietário da casa, Casimir Sucharski, dono de uma boate, e duas de suas dançarinas, Sharon Anderson e Marie Rodgers.

A investigação culminou na acusação formulada em 25 de agosto de 1994 contra Seth Peñalver e Pablo Ibar pelo triplo assassinato.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos