Incêndio deixa 17 mortos em hotel no Curdistão iraquiano

Erbil (Iraque), 5 fev (EFE).- Pelo menos 17 pessoas, 14 delas filipinas e três curdas, morreram nesta sexta-feira em um incêndio ocorrido em um hotel de Erbil, capital da região autônoma do Curdistão iraquiano, segundo informou à Agência Efe o governador da cidade, Nuzad Hadi.

O incêndio, que também deixou 13 feridos, ocorreu no hotel Capital, de quatro estrelas e situado no centro da cidade. Hadi acrescentou que os 14 mortos eram filipinos que trabalhavam no hotel.

Ainda não há informações sobre as causas da catástrofe, segundo o governador, que afirmou que os bombeiros conseguiram controlar as chamas, que afetaram vários andares do edifício. O governador adiantou que foi aberta uma investigação para esclarecer o fato.

Um funcionário do hotel, que não se identificou, disse à Agência Efe que o proprietário do estabelecimento é um cidadão sírio, por isso a maioria de seus trabalhadores são refugiados da Síria, da mesma forma que as pessoas que se alojam no local junto a outros estrangeiros.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos