Rússia protesta contra lançamento de foguete pela Coreia do Norte

Moscou, 7 fev (EFE).- A Rússia protestou neste domingo contra o lançamento por parte da Coreia do Norte de um foguete espacial, que a comunidade internacional considera unanimemente um teste de mísseis secreto.

"O rumo que Pyongyang tomou só pode provocar um firme protesto", informou a Chancelaria russa em comunicado, no qual acusa a Coreia do Norte de "menosprezo do direito internacional".

Moscou recomenda aos dirigentes norte-coreanos que se posicionem se "a política de antagonismo contra toda a comunidade internacional" responde realmente a seus interesses nacionais.

"É evidente que tais ações conduzirão a um sério agravamento da situação na península de Coreia e no nordeste da Ásia em geral", advertiu a Rússia.

Além disso, o país considera que o lançamento "beneficia os que apostam em uma política de blocos e pelo aumento do antagonismo militar e causa um grave prejuízo à segurança dos países da região, em primeiro lugar à própria Coreia do Norte".

A Rússia, que compartilha cerca de 20 quilômetros de fronteira com a Coreia do Norte, convocou esta semana o embaixador norte-coreano para comunicar-lhe que desistisse de realizar o lançamento do que a televisão do regime comunista chamou satélite espacial.

A Chancelaria russa tachou de "míope" esta política e exortou Pyongyang a cumprir as resoluções da ONU, que proíbem expressamente os testes com mísseis.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos