Seis supostos jihadistas são detidos na Espanha

Madri, 7 fev (EFE).- Seis pessoas foram detidas neste domingo em várias localidades do leste e sul da Espanha por sua suposta relação com as organizações terroristas Jabhat al Nusra e Estado Islâmico, informou o Ministério do Interior do país.

A investigação policial, iniciada em 2014, permitiu desmantelar uma célula cujos membros se integram na estrutura exterior das organizações terroristas de caráter jihadista localizadas na região sírio-iraquiano, mediante o fornecimento de material logístico imprescindível para o sustento de suas atividades terroristas, segundo um comunicado.

As detenções foram praticadas nas províncias de Alicante e Valência, no leste da Espanha, assim como no território autônomo espanhol de Ceuta, norte da África.

Quatro dos detidos são de nacionalidade espanhola e origens síria, jordaniana e marroquina, enquanto os outros dois, residentes na Espanha, são de nacionalidades síria e marroquina, acrescentou um comunicado do Ministério do Interior.

A operação, que continua em andamento, está acontecendo sob a direção da Audiência Nacional e em coordenação com a Promotoria.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos