Alemanha abre investigação por conteúdo xenófobo em carro alegórico

Berlim, 8 fev (EFE).- A Procuradoria da cidade de Ingolstadt, no sul da Alemanha, abriu nesta segunda-feira um processo por suposta xenofobia contra os responsáveis por um carro alegórico de carnaval que representava um tanque para conter a chegada de refugiados ao país.

O carro desfilou no domingo na cidade vizinha de Reichertshausen e representava um blindado do exército, cuja missão seria impedir a entrada de requerentes de asilo, o que foi interpretado como uma possível propaganda para o partido anti-União Europeia e xenófobo Alternativa para a Alemanha (AfD).

Os responsáveis pelo desfile se desculparam pela inclusão do carro na festa e afirmaram que não tinham se dado conta do conteúdo xenófobo.

As festas de carnaval na Alemanha estão acontecendo sob um ambiente de tensão e com medidas de segurança reforçadas, tanto pelo perigo de atentados terroristas como para evitar novos casos de abusos sexuais e roubos, como os registrados nas ruas de Colônia na virada do ano.

Vários dos grandes desfiles da segunda-feira de carnaval foram suspensos por causa da previsão de fortes tempestades no oeste do país, como os de Düsseldorf e Mainz, mas a festa de Colônia, a maior da região, foi mantida.

Para o carnaval da cidade foram disponibilizados 2.500 policiais, três vezes mais que no ano passado. Além do reforço policial, foram criados postos de atendimento para mulheres perto da estação ferroviária, local onde ocorreram os ataques na noite de Ano Novo. EFE

gc-nl/cs

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos