Canadá retira caças-bombardeiros do Iraque, mas ampliará assessores militares

Toronto (Canadá), 8 fev (EFE).- O primeiro-ministro canadense, Justin Trudeau, anunciou nesta segunda-feira que o Canadá retirará seus caças-bombardeiros em operação no Iraque para combater o Estado Islâmico (EI), mas aumentará o número de assessores militares no país e destinará mais de US$ 610 milhões em ajuda humanitária à região.

Trudeau afirmou durante uma entrevista coletiva realizada em Ottawa que o novo plano permitirá ao Canadá "ser mais efetivo" na luta contra o Estado Islâmico.

O novo primeiro-ministro canadense também disse que a controvertida retirada dos seis caças-bombardeiros CF-18 canadenses foi consultada com seus principais aliados, incluindo Estados Unidos, Alemanha, Reino Unido e França, assim como o governo iraquiano.

"Todos aplaudem a contínua contribuição do Canadá à coalizão que combate o Estado Islâmico", afirmou Trudeau, que se pronunciou acompanhado pelos ministros de Defesa, Relações Exteriores e Desenvolvimento Internacional.

"As forças armadas canadenses destinarão agora mais recursos para capacitar as Forças de Segurança iraquianas. Apoiaremos as forças locais para que combatam diretamente o EI para que, quilômetro por quilômetro, recuperem suas residências, sua terra e seu futuro", acrescentou Trudeau.

O governo canadense anterior, do primeiro-ministro conservador Stephen Harper, disponibilizou em 2015 no Iraque seis caças-bombardeiros CF-18, assim como aviões de monitoramento eletrônico e reabastecimiento como contribuição canadense à coalizão que combate o EI no país.

Durante a campanha para as eleições gerais de 19 de outubro do ano passado, Trudeau, então líder do Partido Liberal e hoje premiê canadense, prometeu que retiraria os CF-18 por entender que as campanhas aéreas só têm efeito "a curto prazo".

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos