Ataques de aviação russa matam 17 no norte da Síria

Beirute, 9 fev (EFE).- Pelo menos 17 pessoas morreram nesta terça-feira, entre elas sete crianças, em supostos bombardeios da aviação da Rússia na província de Idlib, no norte da Síria, segundo o Observatório Sírio de Direitos Humanos.

Seis vítimas morreram nos ataques aéreos na cidade de Talmenes, nos arredores da cidade de Maarat al Nuaman.

Outros seis morreram em bombardeios semelhantes na cidade de Al Fatira, na região de Jabal Zawiya, em Idlib, e outros cinco morreram na cidade de Afes.

Quase toda a província de Idlib está controlada pela Frente al Nusra, filial síria da Al Qaeda, e outras facções armadas.

A força aérea da Rússia, aliada do regime de Bashar al Assad, desenvolve uma campanha de bombardeios na Síria desde o fim de setembro, a sua primeira intervenção direta no conflito sírio desde seu início, há quase cinco anos, que já deixou mais de 260 mil mortos.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos