Estado Islâmico conclui treinamento militar de 450 novos combatentes na Síria

Beirute, 9 fev (EFE).- Um grupo composto por 450 novos combatentes, entre eles 100 menores, concluiu sua formação militar em uma base do grupo terrorista Estado Islâmico (EI) no norte da Síria, segundo o Observatório Sírio de Direitos Humanos.

A ONG detalhou que esses milicianos são originais das províncias sírias de Homs (centro), Aleppo (noroeste) e Al Raqqa (nordeste).

Os combatentes "se graduaram" na presença de dirigentes sírios e estrangeiros do EI em um quartel situado na fronteira entre Al Raqqa e Aleppo.

Os extremistas reduziram de dois meses a um o tempo de treinamento dos novos recrutas. Após este tempo, recebem uma licença de três dias para ver seus familiares, antes de serem enviados para algum local para servir à organização.

Durante 2015, o EI recrutou cerca de 1.800 menores na Síria, dos quais pelo menos 350 morreram, de acordo com dados do Observatório.

O EI proclamou no final de junho de 2014 um califado na Síria e no Iraque, onde conquistou áreas do norte e do centro dos dois países.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos