Quase mil famílias que estavam na divisa com Turquia foram levadas a Aleppo

Beirute, 9 fev (EFE).- Cerca de 900 famílias de deslocados na fronteira entre Síria e Turquia foram transferidas entre ontem e esta terça-feira a áreas sob controle rebelde nas províncias de Aleppo e Idlib, na Síria, disse à agência Efe uma fonte opositora.

O porta-voz do Conselho da Província de Aleppo Livre, Abu Zaer al Halabi, cujo organismo é responsável pela administração das áreas sob domínio insurgente da região, afirmou que os ônibus com deslocados estão partindo da cidade fronteiriça de Azaz, a cinco quilômetros de Bab al Salama.

"Ontem foram transferidas 400 famílias e hoje, 500. Os ônibus partem do escritório do Crescente Vermelho Sírio em Azaz e se dirigem a cidades sob o controle do Exército Livre Sírio no oeste de Aleppo e em Idlib", explicou Al Halabi.

Os veículos circulam através do enclave curdo-sírio de Afrin, no norte de Aleppo, graças a um acordo entre o opositor Conselho da Província e o Partido da União Democrática (PYD), principal formação política curda da Síria.

Segundo os últimos dados da ONU divulgados ontem, cerca de 31 mil pessoas foram deslocadas de seus lares em Aleppo devido à recente escalada de violência nesta região.

Muitas delas estão concentradas na passagem de Bab al Salama, à espera de que a Turquia os permita entrar em seu território.

O Alto Comissariado das Nações Unidas para os Refugiados (Acnur) pediu hoje ao governo turco que reabra sua fronteira aos refugiados sírios que fogem maciçamente da ofensiva das forças do regime no norte de Aleppo.

O exército sírio, apoiado pela aviação da Rússia, lançou um amplo ataque na porção norte dessa província em 1º de fevereiro e tomou o controle de várias cidades da Frente al Nusra, filial síria da Al Qaeda, e de seus aliados.

Hoje os aviões russos bombardearam várias cidades, como Azaz, Tel Refat, Meneg e Ain Daqna, onde causou a morte de dois civis, um deles menor de idade.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos