Israel impede entrada de deputados do parlamento da UE em Gaza

Jerusalém, 10 fev (EFE).- As autoridades israelenses negaram a entrada em Gaza a uma delegação de parlamentares europeus, que denunciam que esta situação se repete desde 2011, informaram fontes diplomáticas europeias à Agência Efe nesta quarta-feira.

"A negação sistemática a permitir o acesso à Gaza às delegações de deputados europeus é inaceitável", criticou o grupo parlamentar responsável pelas relações com a Palestina, que visita a região.

A presidente, a irlandesa Martina Anderson, e outros seis diplomatas (Margrete Auken, Beira Thun, Patrick Le Hyaric, Rosa D'Amato e Konstantinos Papadakis) chegaram a Jerusalém na segunda-feira para uma viagem oficial que incluía a entrada em Gaza, que está sob bloqueio israelense desde 2007.

O objetivo é avaliar os efeitos da operação militar israelense contra o enclave em 2014 e os avanços no processo de reconstrução, que conta com a participação da UE, um dos maiores doadores da Palestina.

"O parlamento europeu não pode entrar em Gaza desde 2011. Isto levanta dúvidas: o que tem a esconder o governo israelense?", questionou Anderson na nota.

Israel e a União Europeia vivem um desencontro desde a aprovação em novembro de uma legislação no parlamento europeu que obriga a assinalar a origem dos produtos procedentes das colônias israelenses em território ocupado, e que impede que sejam marcados como procedentes de Israel.

O governo israelense anunciou, em resposta a esta medida, que reduziria seus contatos com as instituições europeias e suspendeu as conversas com a UE em relação a temas palestinos.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos