Disputa entre grupos rivais causou morte de 52 detentos em presídio mexicano

Monterrey (México), 11 fev (EFE).- Um confronto entre dois grupos rivais liderados por Jorge Ivan Hernández Cantù, conhecido como "El Credo", e Juan Pedro Salvador Saldívar Farías, o "Z27", deixou 52 detentos mortos e 12 feridos no presídio Topo Chico, informou o governador do estado mexicano de Nuevo León, Jaime Rodríguez.

A disputa entre internos de Topo Chico, situado na região metropolitana da cidade de Monterrey, começou por volta das 23h30 de quarta-feira (horário local, 3h30 desta quinta em Brasília) quando os réus atearam fogo nos armazéns de comida, o que afetou à área de dormitórios, detalhou o governador em coletiva de imprensa.

"El Credo" é considerado líder do Cartel do Golfo e supostamente controlava parte do centro penitenciário. Foi detido em novembro de 2012 em Monterrey durante uma operação que terminou com a captura de 24 membros de um grupo criminoso que confessou pelo menos 48 homicídios.

Segundo fontes penitenciárias consultadas pela Agência Efe, a causa do motim foi uma tentativa de fuga organizada pelos presos do grupo criminoso Los Zetas, ao qual pertence Saldívar.

Los Zetas nasceram como um braço armado do Cartel do Golfo, mas em março de 2010 romperam com essa organização e desde então protagonizaram os mais sangrentos casos de violência registrados no país em sua luta para ganhar territórios.

Este motim, um dos mais graves registrados nos últimos 30 anos no país pelo elevado número de vítimas fatais, foi controlado quatro horas depois de seu início com o apoio de membros do exército, da marinha e da polícia federal.

Na entrevista coletiva, o governador estadual esclareceu que ficou "descartada a existência de qualquer fuga e o uso de armas de fogo".

Topo Chico, um dos centros penitenciários mais antigos de Nuevo León, tem cerca de 3.800 detentos, segundo Rodríguez, que indicou que nas próximas horas divulgarão os nomes das vítimas uma vez tenham sido plenamente identificadas.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos