EI executa várias pessoas na Síria por suposto tráfico de alimentos

Genebra, 11 fev (EFE).- O grupo jihadista Estado Islâmico (EI) executou "várias pessoas" as quais acusava de suposto tráfico de comida na cidade síria de Deir ez Zor (nordeste do país), informou nesta quinta-feira a ONU.

O grupo terrorista sitia nessa área mais de 200 mil pessoas, que "sofrem com escassez de água e falta total de eletricidade", afirmou o Escritório de Direitos Humanos das Nações Unidas.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos