EUA começam trâmites para dar asilo a 10 mil refugiados sírios da Jordânia

Amã, 11 fev (EFE).- A embaixada dos Estados Unidos na Jordânia estabeleceu um centro temporário perto da capital, Amã, para selecionar os 10 mil refugiados sírios que obterão asilo nos EUA.

Segundo um comunicado, esse número de refugiados viajará aos Estados Unidos antes de 30 de setembro para cumprir uma promessa do presidente, Barack Obama.

A Casa Branca anunciou em setembro de 2015 que Obama tinha pedido ao governo americano que aceitasse pelo menos 10 mil sírios neste ano.

O conflito sírio, que começou em março de 2011, provocou a fuga do país de mais de quatro milhões de pessoas, e a maioria se refugiou nos países vizinhos, como Jordânia, Turquia e Líbano.

O Grupo Internacional de Apoio à Síria, que conta com a participação de Estados Unidos, Rússia, União Europeia, Turquia, Irã e Arábia Saudita, se reúne hoje em Munique para tentar reativar as conversas de paz, suspensas na semana passada em Genebra.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos