Sobe para 89 o número de mortos por terremoto em Taiwan

Taipé, 12 fev (EFE).- O Serviço Nacional de Emergência de Taiwan elevou nesta sexta-feira para 89 a contagem oficial de mortos pelo terremoto de magnitude 6,4 na escala Richter que sacudiu o sul da ilha no sábado, enquanto o número de desaparecidos foi reduzido para 35.

Na cidade de Tainan, a mais atingida pelo sismo, as equipes de resgate prosseguem com seus trabalhos, mas nenhum sobrevivente foi resgatado dos escombros do edifício colapsado Weiguan Jinlong (Dragão Dourado) desde a quarta-feira, enquanto as vítimas são homenageadas em cerimônias religiosas.

Nas últimas horas, o pessoal que trabalha no local recuperou quase 30 corpos.

Também segue avançando a investigação sobre possíveis falhas na construção do edifício acidentado, onde foram encontrados 87 dos 89 corpos recuperados até o momento.

A promotoria de Tainan deteve na quarta-feira três executivos da empreiteira responsável pela construção do Dragão Dourado, que foram acusados de homicídio por negligência profissional, e congelou seus bens e ativos.

No último domingo, foram encontradas latas vazias e espuma de poliestireno nos pilares do edifício, o que levantou as suspeitas de possíveis deficiências em sua construção.

Posteriormente, os investigadores da promotoria também descobriram que tinham sido eliminados, possivelmente depois da construção, pilares nos primeiros andares do edifício para ampliar o espaço livre.

O terremoto de magnitude 6,4 teve seu epicentro no vilarejo de Meinung, ao sul de Taiwan e a 16,7 quilômetros de profundidade, e sacudiu o sul da ilha às 3h57 locais (17h37 de Brasília da sexta-feira), segundo o Serviço Meteorológico Central do arquipélago.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos