Exército libanês bombardeia posições da filial da Al Qaeda na fronteira

Beirute, 13 fev (EFE).- O Exército libanês bombardeou neste sábado posições da Frente al Nusra, filial síria da Al Qaeda, em uma zona fronteiriça com a Síria, no vale oriental do Bekaa, informou a Agência Nacional de Notícias libanesa (ANN).

Os bombardeios, com artilharia pesada, tiveram como alvos combatentes e locais de concentração da Frente al Nusra nas zonas de Lezab e Wadi al Jayl, na região de Arsal.

Segundo a agência, que não ofereceu detalhes, vários terroristas morreram nessa operação e algumas de suas posições sofreram grandes danos.

As forças libanesas aumentaram sua vigilância na fronteira com a Síria e bombardeiam quase diariamente essa região para evitar a infiltração de jihadistas.

A situação se deteriorou nessa região em agosto de 2014 após enfrentamentos entre o Exército libanês e extremistas, entre eles o grupo jihadista Estado Islâmico, que mantém nove militares capturados desde essa data.

Desde o início da revolta na Síria, em março de 2011, a situação de segurança no Líbano se viu afetada, sobretudo no norte e no nordeste do país, e aumentou a divisão da população entre partidários e adversários do presidente sírio, Bashar al Assad.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos