Ted Cruz retira anúncio de campanha no qual aparecia ex-atriz pornô

Washington, 12 fev (EFE).- O pré-candidato à indicação do Partido Republicano para as eleições presidenciais de novembro nos Estados Unidos, Ted Cruz, retirou nesta sexta-feira um anúncio de sua campanha no qual aparecia uma mulher que se definia como simpatizante do senador e que, posteriormente, se revelou que tinha sido uma atriz pornô.

No anúncio em questão, que leva o título de "Conservadores Anônimos", um grupo de homens e mulheres se reúnem em uma sessão de tratamento na qual falam sobre o decepção que lhes causou o senador pela Flórida Marco Rubio - rival de Cruz nas primárias - por seu apoio à reforma migratória.

"Talvez, na próxima vez devemos votar em algo mais que um simples rosto bonito", opinava uma das mulheres, Amy Lindsay, que hoje se revelou que participou de vários filmes pornográficos.

Ao saber desse fato, a campanha de Cruz retirou o anúncio do YouTube e o próprio senador disse em um evento de campanha, na Carolina do Sul, que Lindsay tinha respondido a um 'casting' aberto e que não teriam selecionado a atriz se tivessem conhecimento de seu passado.

"Ela tinha uma história filmográfica mais colorida do que nós imaginávamos. Não a teríamos selecionado se tivéssemos conhecido essa história", disse Cruz.

"Não tenho raiva de Ted Cruz neste momento. Ele tem que fazer um trabalho, é a política. Eu sou uma menina trabalhadora de classe média e tinha um trabalho a fazer", declarou Lindsay em uma entrevista à emissora "CNN".

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos