Ataque de guerrilha comunista deixa 6 policiais mortos nas Filipinas

Manila, 16 fev (EFE).- Seis policiais filipinos morreram e oito ficaram feridos em uma emboscada com explosivos preparada nesta terça-feira no sul do país por membros do Novo Exército do Povo (NEP), braço armado do proscrito Partido Comunista das Filipinas.

Fontes policiais citadas pela imprensa local indicaram que o enfrentamento após a armadilha se prolongou por mais de uma hora nas imediações da cidade de Baggao, na província de Cagayan, na ilha de Mindanao.

As autoridades enviaram dois helicópteros para recolher os corpos e transferir os feridos a um centro médico.

O NEP conta com cerca de 6.000 combatentes regulares e está há 45 anos alçado em armas em um conflito que já causou mais de 30.000 mortes.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos