Explosão de gás em edifício residencial na Rússia deixa sete mortos

Moscou, 16 fev (EFE).- Pelo menos sete pessoas, entre eles duas crianças, morreram após uma potente explosão de gás que destruiu nesta terça-feira um bloco de um edifício residencial de cinco andares na cidade russa de Yaroslavl, cerca de 250 quilômetros ao nordeste de Moscou, segundo os últimos dados proporcionados pelas autoridades locais.

Os serviços de emergência recuperaram outros três corpos dos escombros, que correspondem a duas mulher e uma criança, informou a "Interfax" um porta-voz do Ministério de Situações de Emergências.

Anteriormente, os serviços de resgate localizaram outros quatro corpos sem vida, enquanto pelo menos sete pessoas foram hospitalizadas com ferimentos de diversa gravidade.

A explosão destruiu completamente um bloco de cinco apartamentos, do primeira ao quinto andar.

Os serviços de emergência que trabalham no local do acidente alertaram sobre a ameaça de um colapso maior, já que o edifício de apartamentos tem quatro blocos.

As equipes de resgate e os bombeiros continuam trabalhando no local, já que teme-se que possa haver mais vítimas sob os escombros.

"A situação ainda não melhorou. Nos apartamentos destruídos estavam cerca de 12 a 17 pessoas, mas segundo os vizinhos, um dos apartamentos estava vazio", disse o governador da região de Yaroslavl, Sergei Yastrebova.

O Comitê de Instrução abriu um processo penal em relação à explosão em Yaroslavl pela "realização de trabalhos ou prestação de serviços sem cumprir com as normas de segurança".

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos