Parlamento francês prorroga estado de emergência por mais três meses

Paris, 16 fev (EFE).- O parlamento francês, através de votação na Assembleia Nacional, prorrogou nesta terça-feira por três meses adicionais o estado de emergência no país, que entrou em vigor logo após os atentados terroristas de novembro do ano passado em Paris.

A medida recebeu 212 votos a favor, 31 contra e três abstenções. Há uma semana, em primeira leitura no senado, foram 316 votos a favor e 28 contra.

O atual estado de emergência na França expira no dia 26 de fevereiro e, desde que entrou em vigor, segundo os últimas números do Executivo, foram feitas 3.379 investigações - uma das quais evitou um novo atentado -, 344 pessoas foram detidas e 580 armas foram apreendidas.

O governo do presidente François Hollande pretende incluir essa disposição na Constituição, dentro de uma reforma da Carta Magna que prevê despojar da nacionalidade francesa os condenados por terrorismo e que está sendo votada de forma paralela nas duas câmaras.

A prorrogação do estado de emergência na Assembleia Nacional se dá no mesmo dia em que o grupo de rock Eagles of Death Metal, que tocava na casa de shows Bataclan na noite dos ataques jihadistas em Paris, volta a se apresentar na capital francesa.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos