Quase 84 mil refugiados cruzaram a fronteira europeia neste ano

Genebra, 16 fev (EFE).- Cerca de 84 mil refugiados entraram na Europa neste ano através das fronteiras da Grécia e Itália, entre os quais 410 morreram na tentativa de chegar ao continente, informou nesta terça-feira a Organização Internacional de Migrações (OIM), com sede em Genebra.

O maior número de imigrantes, cifrado em 78.333, chegou até o litoral da Grécia, enquanto à Itália chegaram neste período um total de 5.987.

Durante o mês de janeiro, o total de imigrantes que chegaram à Europa através da Grécia foi de 62.193, enquanto em fevereiro chegaram 16.140.

Embora o fluxo migratório continue nestes dias, durante a primeira quinzena de fevereiro, o número de imigrantes chegados à Grécia diminuiu 36%.

O dia 3 de fevereiro foi o que registrou um maior número de imigrantes, com um total de 3.036, enquanto no dia 6 apenas 7 chegaram.

O OIM afirma igualmente que, neste ano, o maior número de refugiados que cruzaram as fronteiras helenas procede da Síria, com um total de 30.979, seguido do Afeganistão, com 18.983, Iraque, que somou 12.335 e Paquistão, com um total de 2.532.

O organismo enumerou, além disso, em 853.650 o número de refugiados chegados no ano passado à Grécia e em 153.842 os chegados à Itália.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos