Governo turco confirma que atentado de Ancara deixou 28 mortos

Ancara, 17 fev (EFE).- O atentado com carro-bomba ocorrido nesta quarta-feira no centro de Ancara, capital da Turquia, contra um comboio militar deixou pelo menos 28 mortos e 61 feridos, confirmou o governo turco.

O vice-primeiro-ministro e porta-voz do Executivo islamita turco, Numan Kurtulmus, disse que este incidente é um "ataque contra toda a pátria" e destacou que entre os mortos há também vários civis, embora não tenha dito quantos são e nem tenha atribuído o atentado a grupo algum.

O ataque aconteceu às 18h31 (horário local, 14h31 de Brasília) no centro de Ancara, muito perto do quartel-general da Força Aérea turca, do Ministério do Interior e do parlamento.

Kurtulmus confirmou que uma segunda explosão registrada pouco depois se deveu à detonação controlada de um pacote suspeito encontrado na frente do Ministério do Interior.

O porta-voz do governo condenou "não só os que realizaram o ataque, mas também os que os utilizam e os que lhes dão apoio logístico e político".

Por fim, descreveu o atentado como "bem planejado" e prometeu revelar todas as conexões assim que forem investigadas.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos