Incêndio causado por manifestantes mata 4 pessoas por asfixia na Bolívia

La Paz, 17 fev (EFE).- Pelo menos quatro pessoas morreram asfixiadas e outras 30 ficaram feridas nesta quarta-feira em um incêndio na prefeitura da cidade de El Alto, a segunda mais populosa da Bolívia, que foi provocado por manifestantes durante um protesto de pais de família contra a prefeita, a opositora Soledad Chapetón.

Uma fonte da prefeitura confirmou à Agência Efe que há quatro mortos identificados e acrescentou que é possível que haja pelo menos outras duas vítimas mortais.

Este incidente acontece a quatro dias do referendo em que se aprovará ou rejeitará uma reforma constitucional para permitir que o presidente do país, Evo Morales, possa voltar a se candidatar nas eleições de 2019 na busca de um quarto mandato consecutivo, até 2025.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos