Marrocos desmantela célula formada por jihadistas

Rabat, 18 fev (EFE).- A polícia do Marrocos anunciou nesta quinta-feira que desativou um "perigoso plano terrorista" que seria executado por uma célula leal ao Estado Islâmico que estava composta por dez jihadistas, entre eles um cidadão francês, informou o Ministério do Interior.

Os membros desta célula estavam ativos nas cidades de Essaouira, Meknés e Sidi Kacem, mas os soldados marroquinos conseguiram prender também o "cérebro" deste comando, que estava escondido em uma "casa segura" na cidade de Yadida.

Nesta operação, a polícia apreendeu uma incomum quantidade de armas, quatro metralhadoras automáticas e três carregadores, quatro pistolas, um fuzil com mira telescópica, uma grande quantidade de munição, 13 bombas de gás lacrimogêneo e quatro bastões metálicos extensíveis.

Além disso, tinham em seu poder algemas, bandeiras com o símbolo do Estado Islâmico e uniformes militares.

As investigações revelaram que este comando planejava "perpetrar uma série de atentados terroristas" contra instituições vitais do país "sob ordens" do EI, explicou a nota.

O ministério do Interior ressaltou que os membros desta célula tinham planejado recrutar menores para aderirem ao plano, que consistia em desenvolver "guerrilha urbana de longo alcance" sob a supervisão de um combatente do EI que está atualmente na Turquia.

Além disso, as investigações indicaram que os integrantes da célula recrutaram um menor que se submeteu a cursos de direção para realizar um "atentado suicida com carro-bomba".

O comunicado concluiu que o desmantelamento desta célula coincide com as "campanhas midiáticas" dos combatentes marroquinos do EI que ameaçam o país do norte da África.

Desde 2002 o Marrocos desmantelou pelo menos 152 células terroristas, 31 delas nos últimos três anos que estariam "estreitamente vinculadas" ao EI, apontou o ministério do Interior.

O comunicado concluiu que as operações preventivas do Marrocos contra as redes terroristas "desbaratou muitos planos destrutivos que tinham como alvos interesses vitais nacionais e ocidentais, tanto dentro como fora do Marrocos".

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos