Candidato da oposição à presidência em Uganda é preso pela 3ª vez

Campala, 19 fev (EFE).- O candidato opositor e principal rival de Yoweri Museveni nas eleições presidenciais de Uganda, Kizza Besigye, foi detido nesta sexta-feira, pela terceira vez em uma semana, informaram fontes de seu partido à Agência Efe.

Besigye, que estava na sede central do Fórum pela Mudança Democrática (FDC), foi detido na segunda-feira durante uma manifestação popular e ontem, em pleno dia das eleições.

Desta vez ele foi detido junto com o presidente do partido, general Mugisha Muntu, e outro alto cargo, Wasswa Biriggwa, em meio aos protestos de seus seguidores.

Os incidentes começaram quando a polícia foi à sede para impedir que uma entrevista coletiva organizada pelo principal partido opositor acontecesse, publicou o jornal "Daily Monitor".

Diante da recusa do FDC, os agentes armados invadiram a sede após derrubar as portas e lançaram gás lacrimogêneo no interior do edifício.

"Precisamos da ajuda da comunidade internacional. A situação está saindo do controle aqui em nossa sede", escreveu o FDC em sua conta oficial no Twitter.

Os ugandenses foram ontem às urnas para escolher seu próximo presidente, nas eleições mais apertadas de sua história, que podem acabar com a hegemonia de Museveni após 30 anos no poder.

O dia esteve marcado por uma grande tensão devido aos atrasos nos colégios eleitorais e ao bloqueio do acesso a redes sociais como Facebook, Twitter e Whatsapp por ordem do governo ugandense.

Além disso, a detenção de Besigye no dia da votação aumentou o clima de tensão, que esteve presente em toda a campanha eleitoral.

As pesquisas dão uma vitória bastante apertada para o atual presidente e a divisão entre os partidos opositores joga a seu favor, mas é muito possível que Museveni e o Movimento de Resistência Nacional (NRM) percam deputados no parlamento.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos