Sérvia desmente fechamento de fronteira com Macedônia

Belgrado, 19 fev (EFE).- As autoridades sérvias desmentiram a informação divulgada nesta sexta-feira pela Radiotelevisão Pública (RTS) e um jornal sérvio de que a fronteira com a Macedônia foi fechada para os refugiados do Oriente Médio.

As informações publicadas pela RTS e pelo jornal "Vecernje novosti" apontavam que com essa medida, a Sérvia pretendia evitar que mais refugiados se concentrassem em seu território.

O rotativo indicou, por sua vez, que a Macedônia também fecharia a fronteira com a Grécia pelo mesmo motivo.

No entanto, uma porta-voz do ministério de Interior da Sérvia afirmou em entrevista à agência de notícias "Tanjug" que a Sérvia só começou a aplicar um acordo regional, estabelecido ontem na capital croata, Zagreb, e que prevê o registro comum de refugiados na fronteira greco-macedônia e seu transporte organizado até a Áustria.

Segundo esse acordo, pactuado por Áustria, Eslovênia, Croácia, Sérvia e Macedônia, só poderão passar sírios, afegãos e iraquianos, por fugirem de países em guerra.

O ministro de Interior sérvio, Nebojsa Stefanovic, garantiu que a Sérvia seguirá as decisões da Áustria para tomar medidas recíprocas.

Enquanto isso, o ministro de Relações Exteriores, Ivica Dacic, disse hoje ao jornal belgradino "Kurir" que a Sérvia fechará suas fronteiras a partir de 1º de março caso a Áustria o faça.

A Áustria começou a aplicar a partir de hoje um duplo limite diário de entrada de refugiados: 80 solicitações de asilo e outros a entrada de 3.200 que desejem seguir viagem para a Alemanha, medidas que foram criticadas pela Comissão Europeia e pelo governo alemão.

A chamada "rota dos Bálcãs", usada pelos refugiados, começa no litoral da Grécia, na fronteira com a Turquia, e segue por Macedônia, Sérvia, Croácia e Eslovênia até Áustria e Alemanha.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos