Talibãs decapitam quatro membros das tropas afegãs

Cabul, 19 fev (EFE).- Os talibãs decapitaram três soldados e um policial afegãos que tinham sido capturados durante um confronto na província de Jawzjan, no noroeste do Afeganistão, informou nesta sexta-feira uma fonte militar à Agência Efe.

Os soldados e o policial foram presos ontem em combates entre insurgentes e as forças afegãs no distrito de Qushteepa, disse o porta-voz do Corpo 209 do exército, Reza Rezaee.

"Combatentes talibãs decapitaram brutalmente na noite passada os três soldados feridos e o policial local", afirmou o porta-voz, que indicou que a região sofre há três dias com intensos combates.

Os corpos decapitados foram recolhidos por idosos representantes da comunidade local em uma área controlada por insurgentes e entregues a oficiais do exército.

As decapitações são uma ação recorrente no conflito afegão. Em dezembro passado oito supostos membros do Estado Islâmico (EI) e de grupos armados governistas foram decapitados após serem capturados, respectivamente, pelo outro lado no leste do país.

Um mês antes, milhares de pessoas protestaram em Cabul pela decapitação de sete xiitas da minoria étnica hazara, que teriam sido executados pelo EI.

Em outubro, os talibãs executaram 17 policiais que eram reféns do grupo, e três deles foram decapitados.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos