Obama e presidente turco conversam sobre avanços do regime de Assad na Síria

Washington, 19 fev (EFE).- O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, e seu colega turco, Recep Tayyip Erdogan, conversaram nesta sexta-feira por telefone sobre os recentes avanços do regime de Bashar al Assad no noroeste da Síria, algo que "preocupa" os EUA, informou a Casa Branca em comunicado.

"O presidente Obama expressou preocupação com os recentes avanços do regime no noroeste da Síria e pediu urgentemente o fim das ações que aumentam as tensões com a Turquia e com as forças de oposição moderadas e solapam nossos esforços coletivos para derrotar o Estado Islâmico", segundo o comunicado.

Obama também transferiu pessoalmente suas condolências a Erdogan pelo atentado terrorista de 17 de fevereiro em Ancara e pelo ataque desta quinta-feira contra um comboio militar turco na província de Diyarbakir.

Para o presidente americano, as forças curdas não deveriam "explorar as circunstâncias" nessa área para "ampliar seu território". Além disso, Obama pediu à Turquia que "mostre um controle recíproco" através da interrupção dos ataques com artilharia na região.

Os dois presidentes se comprometeram a aprofundar sua cooperação na luta contra "todo tipo de terrorismo", incluindo o do Partido dos Trabalhadores do Curdistão (PKK), e reiteraram seu objetivo partilhado de "destruir o Estado Islâmico".

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos