Pesquisa mostra que maioria dos britânicos quer permanecer na União Europeia

Londres, 21 fev (EFE).- Os britânicos partidários de que o Reino Unido permaneça na União Europeia (UE) superam em 15 pontos os que defendem a saída do bloco comunitário, segundo uma pesquisa divulgada neste domingo pelo jornal "Mail on Sunday".

Esta pesquisa - a primeira publicada após o acordo fechado na sexta-feira em Bruxelas pelo primeiro-ministro do Reino Unido, David Cameron, sobre a relação com a UE - mostra uma tendência contrária à de pesquisas anteriores, que previam uma ligeira vantagem dos partidários de romper os laços com a União.

Mas agora 48% dos 1.004 entrevistados no sábado por telefone acredita que o Reino Unido não deveria abandonar o bloco, enquanto 33% pensa que sim e 19% se mostra indeciso.

Perguntados sobre se o pacto alcançado com os sócios comunitários modificou seu ponto de vista, 15% assegura que estimulou a votar por permanecer na UE, 18% por sair e 67% declarou que não lhe influiu.

Na sexta-feira passada, a empresa TNS publicou uma pesquisa que indicava que 36% dos britânicos votaria a favor de sair da União e 34% de seguir no bloco, enquanto 23% se mostrava indeciso e 7% afirmava que não participaria do referendo, finalmente convocado para o próximo dia 23 de junho.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos