Espanha confirma 27 casos de zika, entre eles duas grávidas

Madri, 22 fev (EFE).- O Ministério da Saúde, Serviços Sociais e Igualdade da Espanha informou nesta segunda-feira de 27 casos diagnosticados do vírus do zika no país, todos eles importados, e entre os quais estão duas mulheres grávidas, que estão sob supervisão médica.

Na semana passada havia 23 pessoas confirmadas.

O departamento de Saúde espanhol aprovou um plano de resposta aos vírus do zika, da dengue e da Chincungunha em 10 de fevereiro.

Ele recomenda às mulheres grávidas ou que pretendam engravidar que tomem medidas de proteção se tiverem relações sexuais com pessoas oriundas das regiões mais afetadas pelo vírus nos 28 dias posteriores ao retorno.

Este período é o mesmo estabelecidos para os viajantes poderem doar sangue na Espanha.

O Ministério espanhol também recomendou as grávidas a adiarem a viagem a qualquer região de risco, como América Latina e Central, e se não for possível, tomarem precauções como o uso de repelentes e usar calça e blusa de manga comprida para cobrir o corpo o tanto quanto possível.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos