Primeiro-ministro da Itália declara apoio a Hillary Clinton

Roma, 22 fev (EFE).- O primeiro-ministro da Itália, Matteo Renzi, se declarou a favor da pré-candidata do Partido Democrata Hillary Clinton para as primárias nos Estados Unidos, em entrevista coletiva na Itália.

"Eu vou Hillary Clinton", foi a expressão usada pelo premiê italiano quando perguntado sobre a campanha eleitoral nos Estados Unidos.

Renzi garantiu que "trabalhará com quem for presidente dos Estados Unidos", quando questionado como seria no caso de uma vitória do pré-candidato republicano Donald Trump.

"Mas no respeito da democracia... eu vou com Hillary Clinton. Poderia ter dito (Marco) Rubio ou Bernie (Sanders), mas escolho Hillary", acrescentou.

Ele anunciou também que no final de março fará uma viagem pelos Estados Unidos, que incluirá Washington nos 30 e 31 de março para a cúpula sobre a luta contra a ameaça nuclear, mas que também o levará aos estados americanos de Nevada, Illinois e Massachusetts".

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos