J&J é condenada a pagar US$ 72 mi por caso de mulher que morreu de câncer

Nova York, 24 fev (EFE).- A Johnson & Johnson foi condenada a pagar US$ 72 milhões (R$ 280 milhões) à família de uma mulher que morreu de câncer após usar durante anos talco para bebê e outros produtos da empresa, que afirmou nesta quarta-feira que recorrerá da decisão.

Um júri popular do Missouri, nos Estados Unidos, decidiu a favor dos familiares de Jacqueline Fox, que entraram com uma ação civil contra a J&J por ter ocultado durante anos dos consumidores os riscos do talco em produtos cosméticos.

"Este veredicto joga por terra décadas de ciência que demonstram a segurança do talco como cosmético em muitos produtos e embora compreendamos os familiares, estamos totalmente em desacordo", disse uma porta-voz da empresa ao canal de televisão "CNN".

É o primeiro veredicto em um tribunal dos EUA a favor do querelante, segundo o qual os familiares de Fox têm direito a receber uma indenização de US$ 10 milhões e outros US$ 62 milhões por danos e prejuízos de caráter punitivo.

Os advogados da família Fox alegaram que a mulher usou durante décadas talco para bebê e outros produtos de Johnson & Johnson, e há três anos teve diagnosticado câncer nos ovários, doença que a matou em 2015.

Para os membros do júri, a multinacional é responsável por fraude, negligência e conspiração, por considerarem comprovado que sabia há anos dos riscos para a saúde do uso de produtos com talco sem nunca ter alertado seus consumidores.

O caso de Fox é um dos cerca de mil similares que a Johnson & Johnson enfrenta em tribunais do Missouri e de Nova Jersey. A empresa afirmou que agora está estudando suas opções legais.

Pesquisadores da Escola de Medicina de Pittsburgh publicaram em 2005 um estudo que sugere que as mulheres que não usam talco na higiene genital têm menos probabilidades de desenvolver câncer de ovários.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos