Obama expressa cautela sobre expectativas de cessar-fogo na Síria

Washington, 24 fev (EFE).- O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, disse nesta quarta-feira estar cauteloso sobre aumentar as expectativas sobre o cessar-fogo estipulado na Síria, ao destacar o "modesto progresso" da última semana na entrega de ajuda humanitária.

"Somos muito cautelosos sobre o aumento das expectativas" com relação ao cumprimento do cessar-fogo na Síria, sustentou Obama perante os jornalistas depois de se reunir no Salão Oval da Casa Branca com o rei Abdullah II da Jordânia.

De acordo com ele, se for notada, durante as próximas semanas, uma diminuição da violência no país, isso proporcionará uma base para construir um cessar-fogo em longo prazo. Isso também permitiria concentrar todos os esforços da comunidade internacional, incluindo a Rússia, na luta contra os jihadistas do Estado Islâmico (EI), algo no que os russos "não estão focados neste momento".

O governo sírio e a principal agrupamento da oposição aceitaram o cessar-fogo estipulado pelos Estados Unidos e a Rússia, que está previsto para começar na meia-noite do próximo dia 27, embora ainda seja uma incógnita como será aplicado. Essa trégua exclui os grupos jihadistas EI e Frente al Nusra, que continuará sendo combatido.

Na mesma linha dos comentários de Obama, o porta-voz da Casa Branca, Josh Earnest, disse hoje em sua entrevista coletiva diária que os Estados Unidos antecipam que "nos primeiros dias será difícil a implementação" do acordo para o cessar-fogo e haverá "alguns obstáculos".

Por outro lado, Obama comentou perante o rei Abdullah II que a Jordânia está sendo "um excelente parceiro" nos esforços contra o EI, fundamentalmente nos avanços para recuperar dos jihadistas territórios no Iraque e na Síria.

Segundo dados divulgados ontem pela Casa Branca, o número de combatentes estrangeiros lutando com o EI caiu para 25 mil desde o auge de 35 mil.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos