Juiz argentino intima Justin Bieber a prestar depoimento em Buenos Aires

Buenos Aires, 26 fev (EFE).- Um juiz argentino intimou Justin Bieber nesta sexta-feira a prestar depoimento em Buenos Aires no caso em que se investiga uma suposta ordem do cantor a seus seguranças para que agredissem um fotógrafo durante sua visita à capital da Argentina em 2013.

O juiz Alberto Baños dispôs hoje em sua decisão que o depoimento de Justin Bieber como acusado deve ser tomado na sede do tribunal, na capital argentina.

Segundo o texto que foi divulgado hoje no Twitter pelo advogado do fotógrafo agredido, os representantes do cantor tinham solicitado que o astro pop prestasse o depoimento por videoconferência, uma medida que a juíza argentina Fabiana Palmaghini tinha autorizado enquanto esteve a cargo do caso de maneira provisória.

No entanto, o juiz Baños considerou agora que "não existem fundamentos que impossibilitem o comparecimento do acusado" em Buenos Aires, pois o mesmo não alegou "problemas de índole econômica ou física".

A resolução judicial também determina que o depoimento de Bieber na Argentina "permitirá preservar a proximidade" entre o acusado e o magistrado.

Bieber e um de seus seguranças foram denunciados por incidentes ocorridos no dia 9 de novembro de 2013 na boate Ink, no bairro de Palermo da capital argentina.

Segundo consta no expediente, o cantor canadense teria dado ordens a seus seguranças para que evitassem que ele fosse fotografado enquanto saía do estabelecimento.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos