Exército afegão prende 30 policiais que teriam colaborado com talibãs

Cabul, 28 fev (EFE).- O exército do Afeganistão e as tropas americanas detiveram um chefe policial e cerca de 30 agentes sob seu comando por sua suposta colaboração com os talibãs na província de Helmand, em uma operação que deixou um policial morto, informaram à Agência Efe fontes oficiais neste domingo.

O comandante da polícia de Sangin, um dos distritos que mais sofre com a violência na região e disputado entre as tropas afegãs e os insurgentes, foi detido na sexta-feira junto com seus agentes e levado ao quartel-general do Corpo 215 Maiwand do exército em Helmand, disse seu porta-voz, Rasoul Zazai.

"Os departamentos de investigação estão atualmente averiguando os policiais detidos por supostamente ajudar os talibãs", detalhou o porta-voz militar, que acrescentou que as detenções foram feitas durante uma operação "conjunta" com as forças dos Estados Unidos.

Uma fonte de segurança que pediu o anonimato garantiu que os agentes "entregaram armas e munição" aos insurgentes durante a batalha no distrito.

O porta-voz das tropas americanas no Afeganistão, Michael Lawhorn, não quis confirmar ou desmentir a participação de suas forças na operação e apontou que "estão investigando" o assunto.

Os EUA enviaram recentemente um contingente adicional para apoiar as forças afegãs em Helmand, onde os talibãs avançaram contundentemente nos últimos meses, ao ponto de controlar temporariamente uma parte da capital, Lashkargah.

Nos últimos dias, as forças afegãs retiraram seus soldados de dois estratégicos distritos de Helmand, segundo o exército para "reposicioná-las em outras zonas-chave", já que os insurgentes controlam cinco das 14 demarcações administrativas regionais.

Os Estados Unidos mantém cerca de 9.800 soldados no Afeganistão, e metade permanecerá além do final do mandato do presidente americano, Barack Obama, em janeiro de 2017.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos