Justiça investiga possível fraude fiscal na Federação Belga de Futebol

Bruxelas, 2 mar (EFE).- As autoridades judiciais belgas abriram hoje uma investigação para esclarecer se a Federação Belga de Futebol (URBSFA) cometeu fraude fiscal no momento de pagar os salários e utilizar as subvenções públicas, informou nesta quarta-feira a agência de notícias "Belga".

A auditoria da Justiça local demonstrou que vários integrantes da comissão técnica da seleção Principal e outros trabalhadores da federação receberam seus salários duas vezes, uma através do contrato e outra mediante faturas, o que teria levado a uma evasão de impostos, segundo o jornal "De Morgen". Até o momento, as autoridades não emitiram uma acusação formal contra algum dirigente especificamente.

Além disso, várias empresas estrangeiras também estariam sob investigação por sua relação com as supostas fraudes. Também é investigada a utilização das subvenções públicas para a Eurocopa de 2020, que será realizada em várias cidades de todo o continente, incluindo Bruxelas, devido a que há suspeitas de que os subsídios só foram parcialmente destinados a seus propósitos iniciais, segundo o periódico.

Por sua vez, a URBSFA argumentou que os investigadores não encontraram "nada ilegal" e garantiram que estão colaborando para esclarecer a situação.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos