Tiroteio na cidade líbia de Sabratah deixa 8 jihadistas mortos

Trípoli, 2 mar (EFE).- Oito supostos jihadistas, a maioria de nacionalidade tunisiana, morreram nesta quarta-feira em combates contra forças líbias no sul da cidade de Sabratah, situada no caminho entre a capital e a fronteira com a Tunísia.

De acordo com fontes dos serviços de segurança, o fogo cruzado do confronto também matou uma mulher e deixou uma criança ferida, que foi levada a um hospital da cidade em estado grave.

As forças líbias a favor do governo de Trípoli conseguiram capturar na região agrícola de Al Garbula, ao sul de Sabratah, oito supostos membros da braço líbio do grupo jihadista Estado Islâmico (EI), que foram transferidos à capital para serem investigados e julgados.

A região de Sabratah, situada a 150 quilômetros da fronteira com a Túnis, é palco de combates há duas semanas, desde que aviões de combate americanos mataram 50 pessoas - a maioria tunisianos - em um bombardeio contra supostos alvos da braço líbio do EI.

De acordo com o Pentágono, o objetivo do ataque era matar Nourdine Chouchane, um conhecido líder jihadista tunisiano acusado de organizar dois dos três atentados terroristas que a Tunísia sofreu em 2015 e que lutou junto ao Estado Islâmico na Síria e no Iraque.

Pouco depois, tropas do governo líbio com sede em Trípoli prosseguiram com a operação por terra contra a célula jihadista em Sabratah, o que deixou em alerta as forças tunisianas, que temiam que, ao serem investigados, os jihadistas fugissem em direção à Tunísia.

Na mesma quinta-feira, um civil tunisiano morreu ao ser atingido por bala perdida em um tiroteio entre as forças de segurança locais e um grupo de dez supostos terroristas que aparentemente se infiltraram da Líbia pela fronteira.

A região do deserto no sul da Tunísia que se estende entre Líbia e Argélia se tornou nos últimos anos um lugar de reunião e passagem de centenas de jihadistas procedentes de todos os pontos do Sahel e do norte da África que pretendem se unir à luta armada em território líbio.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos