Estudo revela que 50% das vítimas de homicídio nos EUA é negra

Em Miami

Um estudo divulgado nesta quinta-feira (3) pela organização "Violence Policy Center" revelou que a metade das vítimas de homicídio nos Estados Unidos é negra e, delas, 7% tem menos de 18 anos.

De acordo com a ONG, que considera que se trata de um problema com características de "crise nacional", o foco dos esforços para reduzir os números de homicídios nos Estados Unidos passa por "reduzir o acesso e a exposição às armas de fogo". O estudo, segundo a VPC, foi elaborado a partir dos dados mais recentes do FBI sobre o tema, contidos no "Relatório Suplementar de Homicídios" até agora não publicado e correspondente ao ano de 2013.

Nesse ano, 6.217 negros foram vítimas de homicídio, o que significa 16,91 para cada 100 mil habitantes, enquanto no caso dos brancos a taxa foi de 2,54 para cada 100 mil. A taxa nacional de homicídios foi em 2013 nos Estados Unidos de 4,27 por 100 mil. A maioria das vítimas é homem (87%) e a idade média é 31 anos.

Para a VPC, esses números mostram a "devastação" que os homicídios estão causando entre os adultos e as crianças negras, uma comunidade à qual pertence 13% da população do país.

Ao todo, 84% dos homicídios de negros que se têm conhecimento foram cometidos com arma de fogo. Em 72% dos casos o autor do crime era alguém conhecido da vítima.

Na metade dos casos contabilizados em 2013 nos quais a vítima era negra houve uma discussão antes. Dos 6.217 negros assassinados em 2013, 140 o FBI classifica como "justificado" pela lei, ou seja, cometido por policiais. A VPC não indica se houve casos "injustificados" nessa mesma categoria e lembra que o FBI prometeu fornecer em 2017 mais dados sobre as mortes de negros provocadas por agentes da lei.

O estado com maior índice de homicídios com vítimas negras em 2013 foi Indiana (34,15 por cada 100 mil), seguido do Missouri (30,42) e Michigan (30,34).

EUA têm, em média, uma arma de fogo por habitante

  •  

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos