Dilma classifica de "desnecessária" a operação policial contra Lula

Brasília, 4 mar (EFE).- A presidente Dilma Rousseff considerou "desnecessária" a operação policial realizada nesta sexta-feira que teve como alvo o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, e exigiu "respeito" aos direitos individuais e "responsabilidade" às instituições.

"Na qualidade de chefe de Estado, avalio necessário ponderar que todos nós, agentes públicos, independentemente do Poder em que atuamos, devemos ter um profundo senso de responsabilidade em relação ao cumprimento das nossas competências constitucionais", afirma uma nota oficial assinada pelo governante.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos