Evo Morales se solidariza com Lula: "a luta continua"

La Paz, 4 mar (EFE).- O presidente da Bolívia, Evo Morales, manifestou solidariedade ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, que nesta sexta-feira foi levado pela Polícia Federal para prestar depoimento no aeroporto de Congonhas, em São Paulo, como parte da nova fase da operação Lava Jato, que investiga um esquema de corrupção na Petrobras.

"Nossa solidariedade ao companheiro Lula, porque nesta manhã detiveram no Brasil o ex-presidente. Nossa saudação revolucionária a esse companheiro Lula, ex-presidente. A luta continua, não nos rendemos", declarou Morales em um ato na região de Chapare, segundo o site do jornal "La Razón".

Além de levá-lo ao aeroporto de Congonhas para prestar depoimento, a Polícia Federal fez busca e apreensão em residências do ex-presidente, de familiares e pessoas próximas a eles, e na sede do Instituto Lula.

O líder boliviano viajará hoje à Venezuela, onde amanhã haverá um ato que lembrará os três anos do falecimento do ex-presidente venezuelano Hugo Chávez.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos