Dilma visita Lula em São Bernardo após depoimento de ex-presidente à PF

São Bernardo do Campo, 5 mar (EFE).- A presidente Dilma Rousseff foi neste sábado a São Bernardo do Campo, na região metropolitana de São Paulo, para fazer uma visita ao ex-presidente Luiz Inácio Lula Silva.

Dilma chegou no início da tarde ao apartamento de Lula, onde foi recebida por cerca de 300 simpatizantes do Partido dos Trabalhadores (PT) que se reúnem em frente ao edifício. A visita ocorre um dia depois de o ex-presidente ter sido levado para depor pela Polícia Federal, dentro da 24ª etapa da Operação Lava-Jato.

Os manifestantes acompanharam a chegada de Dilma entre gritos de "Não vai ter golpe", em referência à possível abertura de um processo de impeachment contra a presidente no Congresso.

Acompanhada da ex-primeira-dama Marisa Letícia e do próprio Lula, Dilma saudou os simpatizantes da sacada do apartamento. Eles cantavam "Lula, guerreiro do povo brasileiro".

Pouco antes, o ex-presidente desceu para conversar com os militantes. Parte deles está em frente ao prédio desde a noite de ontem, quando iniciaram uma vigília de apoio a Lula.

Após um pouco mais de 50 minutos de reunião, que também contou com a participação do ministro da Casa Civil, Jacques Wagner, Dilma deixou o apartamento de Lula. Ela posou para os fotógrafos na entrada do prédio e cumprimentou os manifestantes.

A comitiva deixou o local em meio a aplausos e gritos de apoio dos militantes do PT, que cantaram os nomes de Dilma e Lula. A presidente seguiu para Porto Alegre, onde passará o fim de semana em sua residência particular sem compromissos oficiais.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos