Incertezas sobre governo e futuro político marcam dia após depoimento de Lula

São Paulo, 5 mar (EFE).- O Brasil amanheceu neste sábado sob um clima de incerteza em relação ao panorama político e ao rumo que o governo e o Partido dos Trabalhadores (PT) tomarão depois de o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva ter se transformado no principal alvo da Operação Lava-Jato.

O ex-presidente liderou na noite de ontem, no centro de São Paulo, um ato público após ter sido levado para prestar depoimento à Polícia Federal no Aeroporto de Congonhas.

Alguns militantes do PT passaram a noite fazendo vigília em frente à casa de Lula em São Bernardo do Campo, na região metropolitana de São Paulo. Mais pessoas são aguardadas no local ao longo deste sábado para expressar solidariedade ao ex-presidente.

O depoimento de Lula durou cerca de três horas. O ex-presidente classificou a ação da Polícia Federal de como "exagerada" e de "perseguição política".

"A única resposta que posso dar é ir às ruas e dizer: estou vivo e sou mais honesto que vocês", disse Lula diante de centenas de simpatizantes, em um comício realizado na sede do Sindicato dos Bancários de São Paulo.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos