Morre aos 70 anos o escritor Pat Conroy, autor de "O Príncipe das Marés"

(Corrige nome do terceiro livro no terceiro parágrafo).

Washington, 5 mar (EFE).- O escritor Pat Conroy, autor de romances famosos como "O Príncipe das Marés" e "O Grande Santini", obras que foram adaptadas com sucesso para o cinema, morreu nesta sexta-feira, aos 70 anos de idade, em sua casa na Carolina do Sul, nos Estados Unidos, informou seu editor em comunicado.

"Conroy faleceu esta tarde (sexta-feira) em seu lar em Beaufort (Carolina do Sul) ao lado de sua família e entes queridos", disse Todd Doughty, vice-presidente e diretor-executivo de publicidade da editora Doubleday, que também explicou que a causa da morte foi um câncer no pâncreas.

O escritor, que cresceu em um ambiente familiar com várias dificuldades, utilizou suas experiências pessoais e a região pantanosa do litoral da Carolina do Sul de inspiração para suas obras, e escreveu títulos como "O Príncipe das Marés", "O Grande Santini" e "Gardiões da Honra", outro romance levado à tela grande.

Segundo o "New York Times", Conroy viveu uma infância "brutal", sob o controle do pai, um homem "sádico" que agredia sua esposa e educava seus sete filhos com uma rotina militar, e "abusava deles de maneira desumana", especialmente Pat, o mais velho.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos